Texto no “Fazendo” N.º 78

Fazendo 78Mais um pequeno texto da série Uma Nota Biográfica, sobre compositores portugueses, que publico mensalmente na agenda de divulgação cultural da Horta, o Fazendo. Tenho que realçar que este número 78 do Fazendo inicia uma nova série de publicação desta agenda, com um novo grafismo. Esta nova imagem gráfica parece-me ter mudado para melhor. Em termos visuais, apresenta os textos mais alinhados e com um aspecto já mais de revista do que propriamente de boletim. As minhas felicitações à redacção pela boa orientação.

O compositor do número 78 é Manuel de Tavares, que terá nascido em Portalegre e fez carreira como mestre de capela nas sés de Baeza, Murcia, Las Palmas e Cuenca. Tavares é um dos mais interessantes exemplos da “potência musical” que foi Portugal durante os séculos XVI e XVII, sem dúvida a “idade de ouro” da música portuguesa. Inúmeros músicos formados em Portugal ocuparam cargos de relevo (como o de mestre de capela, organista, cantor, etc) em centros musicais espanhóis, nas colónias do Novo Mundo e, provavelmente, um pouco por toda a Europa, não havendo desta última referências suficientes para que se possa ter uma ideia da distribuição destes músicos.

Advertisements

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s